05 setembro, 2011

O Bicho

Poema de Manuel Bandeira


Vi ontem um bicho

Na imundície do pátio

Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,

Não examinava nem cheirava:

Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,

Não era um gato,

Não era um rato
 
O bicho, meu Deus, era um homem.
 
 
Manuel Carneiro de Sousa Bandeira Filho ( Recife 19 de Abril de 1886 — Rio de Janeiro, 13 de Outubro de 1968 ) foi um poeta, crítico literário e de arte, professor de literatura e tradutor brasileiro. 

15 comentários:

SAM disse...

Querida Sãozita,


Este poema de Manuel Bandeira é incisivo, pois é o homem a fera da sociedade. O poeta aponta as mazelas sociais. Salve Manuel Bandeira! Maravilha de escolha.

Beijos com carinho maninha do coração. Uma ótima semana para você e toda família.

Arnoldo Pimentel disse...

Um poema extremamente forte.Parabéns pela postagem

✿ chica disse...

O homem, grande bicho... Linda poesia! Bela escolha! beijos, ótima semana,chica

Ana Martins disse...

Olá Sãozita,
Além de excelente escolha, o tema é pertinente e enquadra-se perfeitamente na época que estamos a viver. Acho mesmo que esta visão tão bem descrita do poeta, irá ser vista por nós, muitas vezes e mais cedo do que aquilo que esperamos. A classe média já foi destruída e a média alta vai a seguir, ficarão no pódio os ricos, os poderosos porque a esses têm medo de tocar!

Eis o que fizeram do nosso país! Ladrões, bandidos!

Beijinho,
Ana Martins

claudete disse...

Se a escultura de bronze que representa a pessoa de Manuel Bandeira , sentado em um banco às margens do Capibaribe , na Rua da Aurora , em Recife, pudesse falar repetiria este poema e choraria ,porquanto a visão do problema crucial relatado ainda persiste: os catadores de comida no lixo continuam reais . Bela homenagem ao ilustre conterrâneo. Abraços.

♥ Sussy* disse...

é um grande poema
Eu realmente gostava de ler
É um prazer passar por aqui
muitos beijos e abraços
feliz semana.

Mônica disse...

Um poema fácil de ser lido e dificil de a gente acostumar com o bicho homem.
com carinho Monica

Talita disse...

Boa noite SAOZITA

Finalmente cheguei aqui. rsrs
As minhas desculpas pela ausência.
O ânimo voltou, tenho nova postagem no meu blog e é para continuar.
Terá uma nova visita.
Beijos
Um abraço ao Victor

Talita disse...

Boa noite Saozita

Acabei de criar o meu blog e por
intermedio do Alvaro cheguei aqui.
Por todas as referencias que o Alvaro me faz de vc., sinto uma
enorme simpatia pela amiga.
E me estou sentindo muito orgulhosa de vc. Muito breve nos vamos conhecer pessoalmente.
Beijinhos

Talita

Maria Lúcia Marangon disse...

Infelizmente, essa cena ainda é comum nos lixões brasileiros.
Abraços!

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa disse...

OLÁ, SÃOZITA!
Extraordinário! Obrigada pela partilha.
Um abraço.

Desnuda disse...

Querida maninha,

Obrigada pelo carinho e solidariedade.


O SAM vai ficar em standy by até que o google resolva liberar todos os blogs que estão com o este aviso ( ontem foram muitos!!! Avisou-me a Ná e a minha filha). Fiz o post para mostrar o diagnóstico do blog que está em ordem, mas mesmo assim enquanto estiver o alerta não me sinto a vontade de postar ou visitar amigos. É uma situação desagradável. Como não há data prevista para a revisão ...Esperemos!


Beijos com carinho e linda semana

Desnuda disse...

Não sei se entrou o comentário*

Judite disse...

Bom dia!

Que seu dia seja de paz, de sorrisos e de muitas bênçãos, e que você possa sentir a presença de Deus aonde quer que vá.

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (I Pedro 5:7)

Deus seja contigo!

Blog Yehi Or!
http://hajalluz.blogspot.com/

David C. disse...

Reflexivo poema.

international wiews

Assine a Petição (click na imagem)

Pesquisar neste blogue

Joseph Addison

"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor"




Labels

Sites úteis para bloggers

Flag counter 27.06.10

free counters
Related Posts with Thumbnails