06 maio, 2012

Poema à mãe "Porque os outros se mascaram mas tu não"


   Poema de Sofia de Melo Andressen


Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.
 
Post Dia das mães de 2011

Sofia de Melo Breyner Andressen  GC SE • GC IH (Porto, 6 de Novembro de 1919 — Lisoa, 2 de Julho de 2004) foi uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999.

10 comentários:

Rogério Pereira disse...

De tão belo e sincero e claro
me calo
e é em silêncio que a lembro

Marilu disse...

Querida amiga, Feliz dia das Mães para você junto aos seus amados filhinhos, você é uma daquelas raras mulheres que merecem ser chamadas de "mãe coragem". Tenho um carinho muito grande por você e sua família. Um beijo do tamanho desse oceano que nos separa. Tenha uma linda e abençoada semana.

Desnuda disse...

Querida maninha do coração,

Amo este poema e foi uma excelente escolha temática.

Deixo meu carinhoso abraço e muitos beijos carinhosos pelo dia de hoje. Muitas bênçãos para você e toda família!

Beijos com carinho e ótima semana.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Sempre adorei este poema de Sophia, é maravilhoso! Bjs

Diana Carla disse...

Mãe é assim sempre sem máscara...

bom dia e uma otima semana

Marilu disse...

Querida amiga,
Mãe
Teus braços sempre se abrem quando teu filho precisa de um abraço.
Teu coração sabe compreender quando teu filho precisa uma amiga.
Teus olhos sensíveis se endurecem quando eles precisam uma lição.
Tua força e teu amor os guiaram pela vida e lhe deram as asas para
que eles pudessem voar.
Feliz Dias das Mães. Beijocas

CamilaSB disse...

Mãe é dar vida e - dar-se à vida... mãe, é o sentimento mais puro que a Natureza criou...
Olá, São...depois de uma longa "hibernação" voltei e vim fazer-lhe uma visita, lindo poema da Sofia...
Como o dia das mães é todos os dias, deixo-lhe um beijinho especial!

Ana Martins disse...

Sãozita,
este poema à mãe é simplesmente maravilhoso. Já o conhecia mas gostei de reler.

Beijinho,
Ana Martins

poetaeusou . . . disse...

*
mãe,
é mãe,
simplesmente .
,
conchinhas,
deixo,
*

Marilu disse...

Querida amiga, neste dia do abraço, vim te dar um longo e afetuoso abraço, do tamanho desse oceano que nos separa.

international wiews

Assine a Petição (click na imagem)

Pesquisar neste blogue

Joseph Addison

"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor"




Labels

Sites úteis para bloggers

Flag counter 27.06.10

free counters
Related Posts with Thumbnails