06 outubro, 2010

24h Pelo combate à Pobreza e Exlusão Social ( 2 )

“24h pelo Combate à Pobreza e Exclusão Social é uma iniciativa que pretende assinalar o Ano Europeu de Combate à Pobreza e Exclusão Social.
Hoje dia 6 de Outubro 2010 vão decorrer em simultâneo várias actividades espalhadas pelo País promovidas por diversas Organizações de Solidariedade Social com o objectivo de mobilizar e sensibilizar a sociedade portuguesa para a problemática da pobreza e da exclusão social, enquanto efectivas violações dos mais elementares Direitos Humanos." calendário/hoje .

Caríssimos amigos, conforme o que me propus, e no seguimento da minha adesão a este evento, para o post de hoje quero aqui deixar-vos um lindo soneto de um jovem poeta brasileiro,  Ederson Peka que mostra muito talento.


Poderia Ser Eu

Há milhões perambulando nas ruas

Na falta de um lar pra chamar de seu:

A noite fria queima a pele nua...

-Poderia ser eu...


Presos de uma moderna escravidão;

Gente que não sabe por que nasceu;

Miséria externa, interna solidão:

-Poderia ser eu...


Só vendo a dor, sem chance de amanhã,

Sem esperar mais dessa vida vã

Do que a liberdade do último adeus...


Ah, Deus! São meus iguais, meus semelhantes!

Minha ingratidão é tão humilhante...

-Poderia ser eu!

 
          E porque poderiamos ser nós, imaginemo-nos no lugar dos que nada têm, imaginemo-nos sem um teto, imaginemo-nos corridos, marginalizados e excluídos, por uma sociedade vil, despojada de sentimentos e sobretudo num mundo cão, este em que vivemos!
         O que sentiriamos, ao não ter meios para sustentar nossos filhos, não ter agasalhos para o frio, não ter o que possamos chamar de um lar! O que sentiriamos, não ter recursos básicos para que possamos viver com o mínimo de dignidade?
         Eu só posso sentir raiva, angustia e dor! Raiva sobretudo por saber que quem alguma coisa pode fazer, nada faz. Angustia porque me desespero e sinto que, sózinha não consigo mudar o mundo. Dor, por ver tanta gente que sofre e obrigada a estender a mão à caridade, na miséria das suas vidas!
        Alheios a tudo isso, ignorando ou virando a cara para o lado, todos nós cidadãos deste mundo que se diz civilizado, mas que continua a permitir que a desigualdade se mantenha ou agrave, que continua a esbanjar surpérfluamente, quando há gente que morre  de fome e nem direitos tem, direitos esses que conferidos por carta dos Direitos Humanos, são vilmente atropelados quando se é pobre!
        É por tudo isto que acho que a consciencialização vale a pena, e porque aínda acredito que o mundo pode melhorar, não desistirei do meu propósito de contribuir com a minha parte, na modéstia das minhas limitações e posses.

Sãozita



"Eu nunca deveria ter por garantidas
 Minha saúde e prosperidade,
Quando sei que eu poderia ter sido aquele
Sem ninguém pra me resgatar..."  
                                         Wayburn Dean e Keith Lancaster

20 comentários:

Edna Lima disse...

...Poderia ser eu. Quando penso assim, muito fácil estar neste limite.
O povo europeu é forte e guerreiro, já sofreu muito com as guerras...Embora esta guerra seja diferente e os valores sejam outros.
Beijo grande. Edna Campos

Linda Simões disse...

Faço coro...


...


Em silêncio.

Rogério Pereira disse...

A emoção
O ser solidário
Denunciando injustiças
Grito de raiva pela impotência de isto mudar
e um gesto
modesto
de ajudar

Boa!

Daniel Hiver disse...

Tanta coisa que vejo a volta que dou graças a Deus que poderia ser eu e não sou...
Tocante poema. Bem escrito. A escolha de palavras foi perfeita e a sonoridade ficou muito bonita.
Bom de se ler em voz alta.

Também gosto muito do que sinto ao ler os poemas da Andréa de Godoy Neto do blog Olhar em versos e inversos.
Ela escreve com a alma como se todas uas impressões tivessem maioridade e voz cracterística. E o poema (In)cisão é um belo exemplo disso.

Chica disse...

Um justo engajamenteo,Saozita!

Lindoe profundo, realista poema!

beijos,tudo de bom,chica

Luís Coelho disse...

Um poema de rara beleza e um texto para reflectir.
Poderia ser eu...........
Sem emprego, sem casa, sem pão...
Poderia ser eu................

AFRICA EM POESIA disse...

Sãozita

Vim deixar um beijinho e estou preocupada contigo.
esperamos o teu telefonema...
beijos

claudete disse...

Postagem consciente e adesão proficua..por mais que pessoas como você achem que estão fazendo pouco...Estão fazendo muito...E muitos fazem ... Silenciosamente e da forma que sabem . O mal é antigo e parece enraizado ...sempre ocorrerão as desigualdades posto que se repetem com a mesma intensidade...Mas não devemos desanimar , temos que acreditar que há possibilidades de mudança. Beijos no coração e parabéns ao autor da poesia, tocante!

p.s. não consegui fazer a postagem que prometi.

Fernanda disse...

Querida amiga Sãozita!

Pela força das palavras, dos ideias, dos mais nobres valores humanos, da solidariedade, da igualdade... por este grito de raiva, angústia e dor, tão perfeitamente dito e sentido, só uma palavra, PARABÉNS!

Assino cada palavra deste belíssimo e profundo post.

Beijinhos



PS. Obrigada pelo vosso cuidado.
O Pedro está 99% bom.
Estará de folga agora até Domingo. Com esta pausa e todo o amor que merece, ficará a 200% :)
Beijinhos a todos, especialmente ao João e Nuninho.

Franck disse...

Causa merecedora de atenção, que bom que vc sempre está sempre envolvida em causas sociais e torná-las acessíveis por aqui...
Abçs!

Clea Pinheiro disse...

Os seres humanos mais bonitos que eu acho, são assim como você!

Abraço com afeto Sãozita.

Valéria Gomes disse...

Poderia ser eu, mas como não sou, continuarei a lutar para que no amanhã, também não seja o meu próximo. Mais uma vez, a parabenizo pela belíssima ação! Gostaria que soubesse que não estás nessa luta sozinha, pois apesar da distância, tenho feito a minha parte do lado de cá do oceano. Isto porque, como você, também acredito no amanhã, no homem e na reconquista de sua dignidade.

Beijos em seu nobre coração!!!

Macá disse...

Saozita
Isso poderia ser feito em todos os países e principalmente aqui no Brasil. Quem sabe?
Agora o poema "Poderia ser eu" toca fundo.
Vou repassar pra bastante gente e principalmente para os meus filhos.
um beijo

Meri Pellens disse...

E por que sei que poderia ser eu, me solidarizo pedindo a Deus... E olha que também preciso de preces. De modo concreto, ativo, devemos ajudar como podemos.
Excelente seu post, querida!
Beijo...

Everson Russo disse...

Um lindo dia cheio de paz e carinho pra ti querida,,,,beijos.

Luciana Klopper disse...

Estamos juntas"

Ana Martins disse...

Boa tarde Sãozita,
curvo-me diante deste excelente e tão sensível post, lutar por aquilo em que ainda acreditamos, ajuda-nos a crescer como Seres Humanos e nos faz sentir melhores.
Adorei o poema!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Fernanda disse...

Querida amiga Sãozita!

Porque contigo eu encontro sempre razões para sorrir, decidi que merecias o selinho que o comprova.

Está lá na Galeria do Rau.
Beijinhos

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Poderia ser qualquer um de nós, Saozita.
Todos merecemos um mínimo de dignidade.
Lindo esse seu gesto.
Parabéns!

Beijo grande!

Mariazita disse...

Minha querida Sãozita
O teu post é óptimo! A forma como te indignas e revoltas é apanágio duma alma que sofre com o mal alheio.
A pobreza é um mal que sempre existiu, mas está a atingir raias de insustentável.
Os governantes poderiam fazer mais do que fazem para colmatar tantas injustiças de que os povos são vítimas - sendo que, uma das maiores, é a fome. E esta acarreta todas as outras.
Os milhões que são gastos, por exemplo, no fabrico de armas, poderiam matar a fome a muita gente.
Mas... esta não é uma luta que só governantes diz respeito: todos nós temos o dever de alertar, gritar bem alto, para que se ouça, para os forçar a agir, com a convicção de que um dia a situação mudará.
É muito louvável a tua actuação. Vou acpmpanhar-te.

O poema é uma maravilha! Perfeito!

Uma noite feliz, filhotinha.
Beijos com carinho

international wiews

Assine a Petição (click na imagem)

Pesquisar neste blogue

Joseph Addison

"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor"




Labels

Sites úteis para bloggers

Flag counter 27.06.10

free counters
Related Posts with Thumbnails