30 junho, 2010

MORDAÇA

MORDAÇA

Este é o meu poema em branco,

O que gostaria de ter dito

Mas não disse,

Faltaram-me as palavras,

As letras,

A inspiração,

É um grito,

De raiva, de perplexidade

De certeza,

Incertezas também,

Um poema em branco

De medo,

Receio

Um nó, no coração

De Saudade.

Faltaram-me as palavras,

As letras,

A inspiração.

Mas eu sei-o,

Que um dia, escreverei

Com firmeza,

Soltarei o meu grito

Com paixão

E pelo meio, gritarei

Sem receio

                                                                          Liberdade!

             Poema: Victor Simões
                 Vídeo:  Márcia Oliveira
                 Fotografia: autor desconhecido
               



Também tomei a liberdade de aqui divulgar um poema do meu marido, um dos poucos que encontrei e que pessoalmente muito gosto, sei que escreveu muitos, rabiscados em guardanapos de papel, em folhas soltas, bocados de folhas e nunca os compilou, a maioria perdeu-os e com muita pena minha, porque até gosto do que escreve. Este post é portanto uma surpresa que lhe quero fazer e dedicar com muito carinho.


A liberdade é sem dúvida algo que custou a conquistar a muitos povos do mundo, tanto em Portugal depois de 40 anos de ditadura Salazarista, como noutros países. A história da luta pela liberdade é parte integrante da própria história da humanidade.
 "A capacidade de raciocinar e de valorizar de forma inteligente o mundo que o rodeia, é o que confere ao homem o sentido da liberdade entendida como plena expressão da vontade humana."  ( Profª. Dra. Léa Elisa Silingowschi Calil )
  Atravessamos um período dificil da nossa actual história global, com o aumento do desemprego, a escalada da violência, xenofobia, guerras, terrorismo e consequente perda de liberdades. O mundo está descaracterizado, diminuição da solidariedade humana, tem-se despido da ética e moral e cada vez mais estamo-nos a tornar em seres supérfulos, mesquinhos, alheados e alienados!
O grito de alerta, é para tudo o que atrás mencionei, povos da Terra, atentai nos problemas do nosso tempo e não vos deixais enganar. Aínda há tempo de retroceder, tempo para lutar por uma sociedade fraterna, mais justa e igualitária, onde todos os homens, sejam de facto irmãos.

60 comentários:

Franck disse...

Que a sua liberdade, Saozita, nos presenteie com outros poemas e textos como esse... que me aqueceu nessa noite chuvosa!
Muita paz!

Chica disse...

Maravilhoso poema e tudo que aqui li.Linda surpresa ao teu marido !beijos,chica

Ana Martins disse...

Boa noite Sãozita,
este poema é um grito que se solta do nó que aperta a garganta do poeta, neste caso o meu irmão. Sei que ele escreveu vários poemas já lá vão uns anos e que nunca os guardou nem tornou públicos, o que é de facto uma pena.

Ao meu mano um beijinho de parabens pelo lindo poema que criou, a ti outro beijinho pelo gesto e pela alegria que esta surpresa lhe irá causar.

Beijinhos aos meus sobrinhos lindos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Pérola disse...

Muito lindo o poema do seu marido.
Esses poetas são fantásticos,tem uma habilidade com as palavras que só Deus.Parabéns pela qualidade de seu post.
Pois é amada eu fiquei doida quando Portugal perdeu,torci muiiiiito pela vitória dele.
Somos Pátrias irmãs amada,tu viu no meu blog?
Além do mais, os Portugueses são pessoas maravilhosas e nos acolhem com muiiiiito carinho.
Uma de minhas melhores amigas é portuguesa e foi uma de minhas maiores conquistas.
Já te sigo,muito obrigado pela visita.
Beijokas milllllllllll

Marilu disse...

Querida Sãozita, o mundo ficou surdo, os gritos de liberdade ficam em silêncio. Mas vamos continuar gritando...Parabéns a você e ao seu marido pelos lindos poemas. Beijocas

Florentino disse...

nos pressizamos de liberdade, amigaum dia vai acontecer.

Mariazita disse...

Querida amiga
Venho aqui um pouco à pressa porque estou para sair, almoçar com a minha filha e depois praia.
É só para te dizer que acabei de colocar na sidebar do meu blog "A MINHA COLECÇÃO DE SELOS" todos os selinhos meus. Podes aceder através da "CASA"... todos os meus outros blogs (três) estão lá linkados. O "COLECÇÂO" não está bloqueado. Os selinhos que têm movimento (2) precisam de código; logo à tardinha mando-te por mail (penso que tens o teu email no perfil...)
Voltarei à noite para te ler e comentar.
Um dia muito feliz para ti e todos os teus. Vou apanhar sol, que adoro!
Beijinhos aos molhos...

Ah! A forma que o teu marido te explicou - fazer PtrSc - que eu saiba, é a única que permite copiar coisas bloquedas. Dá um pouco de trabalho... mas não há nada que não se consiga. Até se pode copiar texto bloqueado, por outro processo... mas disso não se pode falar, é pirataria :))) Sabes que tenho um filho analista de sistemas programador?...

Linda Simões disse...

Sãozita,

o Victor,como a Ana, escreve muito bem,parabéns.Uma bela forma de mostrar seu amor por ele e ainda falar dos problemas que afligem a humanidade.

Ao poema em branco
acrescentaria outro,multicor
Onde as palavras surgiriam
sem nenhum dissabor.
Neste,a tristeza,a fome
a opressão e a dor
não encontrariam pousada
A ética,a justiça e igualdade
seriam uma constante
e o povo,irmanado
em uníssono diria:
LIBERDADE!Enfim,chegaste!!


Um beijinho

Linda Simões disse...

E...

"Eu tenho uma espécie de dever,
dever de sonhar,
de sonhar sempre,
pois sendo mais do que um espectáculo de mim mesmo,
eu tenho que ter o melhor espectáculo que posso.

E, assim, me construo a ouro e sedas,
em salas supostas, invento palco,
cenário para viver o meu sonho
entre luzes brandas e músicas invisíveis"


Fernando Pessoa

António Gallobar disse...

Olá amiga

Venho aqui retribuir a gentil visita que me fez, venho encontrar um espaço que muito me agradou, a começar pelas suas palavras oportunas, mostrando um mundo em grande agitação, e um belo poema. Parabens vou ficar um pouco mais apreciando.

SAM disse...

Querida AMIGA,

você me pegou on e de surpresa....Emocionei-me...Agradeço de coração a declaração de amizade com doces palavras. A sua amizade, como a de todas citadas e da mesma forma ,muito me honra e faz feliz. OBRIGADA!

“ Assim como o orvalho ajuda a flor a crescer, da mesma forma a doçura exterior e interior nutre o desenvolvimento da amizade”.

Paramahansa Yogananda.; Onde Existe Luz

Bela postagem, rico em conteúdo humano pelo principio básico: a liberdade.

“Aínda há tempo de retroceder, tempo para lutar por uma sociedade fraterna, mais justa e igualitária, onde todos os homens, sejam de facto irmãos.”

Sim, há tempo de retroceder porque tudo depende de nós. Que todos se conscientizem e cada um faça a sua parte.

È sempre oportuno e apropriado este chamamento à razão.

Eu que já cheguei aqui sensibilizada com as suas palavras, fiquei ainda mais com esta postagem, Sãozita. Este vídeo, o texto...Tudo me proporcionou uma grande emoção: ESPERANÇA . O amor e a fraternidade são forças motoras para a ética, e a justiça .

Um grandioso post, amiga. Obrigada

Carinhoso e fraternal beijo.

ANIMAÇÕES disse...

Ao ler o poema de seu marido a gente viaja e realmente sonha por um mundo melhor e liberto, sem opressões ou divisões...

Quanto a sua mensagem em meu blogo.. fiquei super feliz com a idéia, eu tenho inclusive uma bateria feita de latinhas de coca cola que comprei em uma feira aqui na minha cidsade. Admiro muito a criatividade do ser humano e pra se trabalahr com sucatas tem que ter mesmo...
Em breve vou postar a experiência dos alunos o filme que fizeram em sala de aula.

Abraços deste lado de cá do Atlântico

Valéria Gomes disse...

Que o teu grito, possa ser ouvido pelo maior número possível de pessoas, para que possamos nos unir num único propósito (viver aprendendo a ser feliz).

Beijo no olhar!!!

MEUS POEMAS disse...

Olá minha nova amiga!
Também me perdi aqui meio a tantos textos lindos, parabéns pelo blog, mt bem elaborado!
Obrigada por sua visita e comentário!
Bjssssssss
Gena Maria

Lina-solopoesie disse...

Saozita
Eu trouxe este post escrito no tradutor, traduzido do italiano para portochese x, mas a primeira vez que eu não traduzido ... Por quê?

na língua que o que você escreveu .. Como eu o compreendo, e alguém que está na prisão? ea Palavra é muito clara, sem eles!

Diga-me que língua e escrita que eu realmente compreender. Para você eu dedico estas palavras
'S espero que você agora anda cada dia um dia feliz, e se acontece alguma coisa que você vai

errado, você lembre-se que dentro de você existe essa fonte inesgotável de amor usá-lo ...... Um abraço da alma.
LINA
LINA OLÁ NOITE E FELIZ

Felina Mulher disse...

Parabéns saozita, teu marido é um verdadeiro Poeta.
Felina retorna de mais uma batalha, ferida é verdade, mas não vencida.

Beijos do mar pra vc!

Lina-solopoesie disse...

sAOZITA
Eu traduzi o post ... Como é triste quão horrível! Mas porque as pessoas não são rebeldes? Não Dovevemo ser todos irmãos? Também Jesus
"Acredito que a indiferença" de muitas pessoas, matam mais pessoas do que as guerras, sem fome e à pobreza, porque estes são o resultado da nota suja de interesse e indiferença, porque mata sem nenhum valor inicial com a Vida ...
ciaoooooo

Fernanda disse...

Olá minha querida amiga!

Parabéns pela beleza do poema do Victor.
Fizeste muito bem em dar-nos uma amostra do que ele faz na área da poesia, afinal ele é irmão da Ana..."irmão de peixe sabe nadar"- não é bem assim eu sei, mas resulta na mesma.

Gritaremos e escreveremos todos a palavra Liberdade e sem receio! SIM!

Beijinhos

Na Casa do Rau

claudete disse...

Duplo parabéns a você pelo carinho explicito e reconhecimento da beleza do poema , ao marido pela força do poema, diz tudo que está atravessado na garganta,mesmo mataforicamente "uma página em branco".Muito belo! Abraços Sãozita.

Machado de Carlos disse...

Quanta coisa para escrever em um livro em branco: - Tu disseste tudo! O Desabafo!
Agradeço-lhe profundamente pelos teu belo comentário em meu blog.

Duarte disse...

Convém insistir, avivar os esforços de outrem, que um outrora não esmoreça.
Parabéns, pela qualidade humana no relato.
Somo o meu grito ao vosso.

Abraços

RETIRO do ÉDEN disse...

Um poema em branco


«De medo,
Receio
Um nó, no coração»

Muito belo ler este grito, nesta minha madrugada sem sono.
O texto está igualmente gritante.
Precisamente ontem, verifiquei com "horror" como é difícil dar-se por exemplo, fruta às crianças, para quem tem um ordenado mínimo.
Cerca de 8 peritos pequenos, custou a quantia de 2,70 euros!
No entanto diz-se às vacas para não darem mais leite, aos pescadores para não pescarem mais do que o estipulado, às árvores que não produzem fruta normalizada que o melhor é secarem-nas...abatê-las e ainda se recebia dinheiro por cima...
Que Mundo este...que Europa esta...
Mas ainda há, quem só pense, nos fdsemana, pontes, férias...ou ainda a exploração do outro, pelo outro...
Fiquei sem sono e penso em quem se consegue deitar e dormir descansado... depois de cozinharem leis anti-sociais/humanas!?
Forte abraço
Mer

a magia da noite disse...

a libertação do espírito às letras é como a libertação do corpo às grilhetas.

Aleska disse...

Oi! Gostei muito desse poema em branco. As vezes tenho a vontade de falar sobre muitas coisas mas quanto tento colocar em poemas fica dificil. Como você diz o poema ficou em branco calado no coração. Obrigada pelo carinho no meu blog! Graças à Deus está acabando essa época de provas. Beijos!

Mariazita disse...

Querida amiga
Ontem faltei ao prometido, que é uma coisa que não gosto nada de fazer. Perdoa-me. Fui almoçar com a filhota, depois praia, depois jantar, cheguei a casa perto da meia noite, cansadita...
Hoje de manhã fui p'ra cabeleireira e de tarde às compras... Tem sido um corrupio dum lado para outro.
Mas agora aqui estou, como prometi, para comentar o que acabei de ler.

O poema de teu marido é lindíssimo. Estou a ver que a veia é de família (gosto muito da poesia da Ana). É pena que ele tenha desperdiçado poemas que provavelmente seriam muito bons...

O vídeo é fabuloso. Eu não o conhecia. A música de fundo - Conquest of paradise - mexe muito comigo... é fora de série.
As imagens são fortes, apropriadas ao tema.

A Liberdade! A Liberdade tem contornos muito diversos. Eu ficava aqui uma hora a "falar" sobre Liberdade e não dizia tudo o que penso acerca do assunto. Mas... encurtando razões, em meu entender a Liberdade é, essencialmente, um estado de alma. Só quem viveu em cativeiro é que sabe dar o devido valor à Liberdade.
Viver em Liberdade é viver em estado de graça.
Infelizmente... muitas pessoas dela fazem muito mau uso, não a respeitando, atropelando direitos, acobertadas por uma suposta democracia, julgando-se acima de tudo e de todos... exactamente porque se sentem em Liberdade e julgam que isso lhes dá direitos que na realidade não dá.

Pronto... não digo mais nada. Calo-me eu antes que tu me digas:
Por qué no te callas?

Uma noite feliz, com Paz e Amor.
Beijinhos

Paulo Sempre disse...

Obrigado pela sua visita.
Hei-de voltar...

Beijo

Majoli disse...

Oi Saozita, vim retribuir tua visita ao meu Rabiscos e também por se tornar minha seguidora.
Chegastes num momento em que estou um pouco afastada dos meus rabiscos, mas em breve voltarei.

Amei a poesia de seu marido...nossa é um grito mesmo, lindo, lindo.

Gostei de seu espaço, voltarei.
Beijos com muito carinho.

Marilu disse...

Querida amiga, tenha um lindo final de semana..Beijocas

Santa Cruz disse...

Sãozita: Peço desculpa mas não pude deixar de comentar este poema que voce diz que é do seu marido, espero que esse Grito chegue a todas as partes do mundo, achei lindissimo e parabens para você e seu marido e ja agora vou seguir o o seu blog,tam´bem quero dizer que somos a quase vizinhos porque vivo em Rio Tinto.
Um beijo
Santa Cruz

Giorgia Presentes - Arte e Crochê disse...

Amiga Saozita!

Vim retribuir a visitinha!

Amei teu blog, pois ele é muito informativo, instruitivo e nos passa muito conhecimento!

Estou a te seguir!

Te desejo um fim de semana abençoado!

Bjknhs

Giorgia

Alvaro Oliveira disse...

Olá Saozita

Quanta honra pela sua visita, comentário e
presença como seguidora. Não obstante, entro em seu belo espaço e constato seus laços familiares da minha estimada e de há muito amiga, Ana Martins.
Felicito-a pelo belo poema de seu marido, que sendo um poema em branco, traduz um verdadeiro
grito de revolta, ao qual junto o meu.
O meu reconhecido obrigado pela visita e comentário. Voltarei.

Me permita e me desculpe uma pequenina observação
na próxima mande o beijinho da Maia até V.N. de
Famalicão. Foi para St. Tirso, quase se perdia. Mas recuperei. rsrs
Um bom fim de semana

Beijinhos

Alvaro

Mariazita disse...

Querida amiga
Muito obrigada pelos seus votos... A praia tem estado espectacular. Ontem de manhã parecia que o tempo ia mudar, estava meio enevoado, mas depois levantou e ficou uma maravilha.
Amanhã não vou à praia; vou almoçar a casa da filhota e ficamos por lá a tratar do jardim (quando passar a força do calor...)
Agora vou tratar do post para amanhã, na CASA.
Como não sei se amanhã poderei vir cá... aproveito já para lhe desejar um dia muito feliz.
E para hoje uma noite tranquila e repousante, na companhia (também...)dos Anjos.
Beijinhos

Lina-solopoesie disse...

SAOZITA
Ti auguro una filice domenica...
UN BACIO E UN ABBRACCIO
LINA :-)

Desnuda disse...

Querida amiga,

você me fez feliz! Comenta participando e com interesse em pesquisar, aprofundar mais... Sensibilizada e feliz. Obrigada!!!


Carinhoso beijo e um feliz domingo.

Sônia Silvino disse...

Oiiii, boa noite, meu anjo!
Vim trazendo muitas beijocas para você!!!
Tenha um domingo lindo!!!
Sônia Silvino's Blogs!
Vários temas & um só coração!!!

PEDAÇOS DE AMIZADE

Amizades são feitas de pedacinhos.
Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa.

Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo,
mas a qualidade do tempo que vivemos com cada um.

Cinco minutos podem ter uma importância muito maior do que um dia inteiro.
Assim, há amizades que são feitas de risos e dores compartilhados;
outras de escola; outras de saídas, cinemas, diversões;
há ainda aquelas que nascem a gente nem sabe de quê,
mas que estão presentes.

Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos,
ou de simpatia mútua sem explicação.

Hoje em dia, muitas amizades são feitas só de e-mails
e essas não são menos importantes.
São as famosas "amizades virtuais."
Diferentes até, mas não menos importantes.

Aprendemos a amar as pessoas sem que possamos julgá-las
pela sua aparência ou modo de ser, sem que possamos
( e fazemos isso inconscientemente às vezes) etiquetá-las.

Há amizades muito profundas que são criadas assim.

Saint-Exupéry disse:
" Foi o tempo que perdestes com tua rosa que fez tua rosa tão importante."
E eu digo que é o tempo que ganhamos com cada amigo
que faz cada amigo tão importante.
Porque tempo gasto com amigos é tempo ganho, aproveitado, vivido.

São lembranças para cinco minutos depois ou anos até...
Um amigo se torna importante pra nós, e nós para ele,
quando somos capazes, mesmo na sua ausência, de rir ou chorar,
de sentir saudade e nesse instante trazer o outro bem pertinho da gente.

Dessa forma, podemos ter vários melhores amigos de diferentes maneiras.
O importante é saber aproveitar o máximo cada minuto vivido
e ter depois no baú das recordações horas para passar com os amigos,
mesmo quando estes estiverem longe dos nossos olhos.

Letícia Thompson

Amor feito Poesia disse...

Linda postagem. Agradeço sua visita e te desejo um "Feliz Domingo"......Beijos perfumados!

Maria Luisa Adães disse...

Lindo "Teu poema em branco" aquele que desejaste dizer e talvez tivesses dito...quem sabe!

Mas um dia, pegas nas palavras que flutuam como flores, por cima de ti e dás o grito de "Liberdade" e cantas.

Gostei muito e não te podia esquecer.

Mª. Luísa

Fernanda disse...

Querida amiga Sãozita!

Desejo-te um bom Domingo, cheio de alegrias e felicidade!
Estive agora no Skype com o meu filhote e não me posso sentir mais feliz...

Obrigada pelo teu comentário no Rau.
Tudo o que falas da Quinta do Porto, da Dona Antónia, da Sogrape ser a catual dona da Porto Ferreira, tudo e muito mais, eu sei querida...
Trabalhei 14 anos lá e ainfa sou do tempo do Sr. Fernando Guedes, o actual dono da Ferreira, Sandeman, etc.

Tenho muitas saudades dos meus anteriores patrões, gente nobre mesmo, mas simples, acessível, GENTE de bem.
Recebi muitos abraços e beijinhos de todos. Recebi muitos elogios pelo meu trabalho, pelo meu profundo amor ao que fazia, pela minha total dedicação.

No Sempre Jovens se procurares, encontrarás textos que escrevi sobre a Dona António, sobre o Vinho do Porto, sobre vinho no geral.
Poderia ter sido enóloga.

Desculpa se me alarguei e falei dum assunto que nada tem a ver com o teu post!

Estou à espera do teu primeiro texto, ou publicação, no Sempre Jovens!

Podes publicar sempre que queiras, vá lá!
Falei com o João pelo telefone na sexta-feira e ele também está ansioso, até me perguntou se afinal tinhas ou não entrado.
Ele sabe bem quem tu és e conhece bem melhor o teu marido, por quem tem uma enorme estima.

Mais beijinhos
Ciao

gorettiguerreira disse...

Nossa!
Quanta emoção quando se tem "consciência e sensibilidade" para escrever um texto irrelevante como este onde tiras da gaveta, e homenageias teu marido.
Lindo esse grito em branco e esse nó na garganta de tantos Povos e Nações minha querida!
Todos os teus trabalhos, os vpdeos aqui postados, nos ensinam e elevam nosso pensar e nos alertam para que juntos conclamemos a "LIBERDADE" de Sul a Norte, de Leste a Oeste em cada canto do mundo linda amiga.
Foi um prazer muito grande receber sua visita e rico comentário.
Como sou fascinada na Literatura Portuguesa de onde me vêm minhas ousadias de dizer minhas insanidades da alma,e até mesmo meu "Albuquerque".
Junto meu querer com o de tantos, por um estreitamento entre todos os pensadores. Magistrados ou capacitados por Deus por trilhar o lindo e sublime caminho de um "Pensador."
Te seguindo bela poetisa.
Beijos em seu coração de Blogueira.
Goretti Albuquerque

AFRICA EM POESIA disse...

Poema lindo o do Vitor.

Que me ofereça um para eu colocar no livro de poemas que vou editar
gosto de ver também alguns dos meus amigos.
A Deia foi agora embora mas volta 4ª feira...



Um beijo
Deixo poesia... e um beijo

CORAÇÃO


Dentro do meu peito, pequenino
Não há só veias, artérias ou sangue.
Dentro do meu peito, abrigado
Existe um coração que vai batendo...


Batendo, contra tudo e contra todos
Batendo e amando tudo, ao redor
Mas batendo e sofrendo a toda a hora
Pois ama e suspira por amor...


E será que vale a pena ele suspirar?
Será que vale tanta pena e tanta dor...
Porque haverá o coração de ser sempre
A peça que dentro de nós mais sente a dor?


Porque haverá o Amor que é tão belo...
De ser o que de pior no mundo existe?
Porque será que com tanta dor
Eternos amantes serão sempre o coração e o amor...


LILI LARANJO

Gilmar disse...

O poema é de uma profundidade que instinga a reflexão. É estupendo!

Cecília Meireles, salvo engano, diz mais ou menos assim, que a liberdade é uma palavra que o sopro humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda!

Livrar-se das amarras do cotidiano é a mais desafiante delas!

Grande abraço!

Maria disse...

Amiga, estou retribuindo a sua amável visita ao meu humilde cantinho, é sempre uma alegria enorme ver chegar mais uma amiga.

"Sem amigos ninguém escolheria viver, mesmo que tivesse todos os outros bens." Aristóteles

Adorei o seu blog e terei muito prazer em ser sua seguidora.
bjs do tamanho do infinito
Maria

angel disse...

Todos temos em algum momento que lutar por algum tipo de liberdade. Todos , em algum momento, vivemos com uma mordaça. Infelizmente, minha amiga cada dia mais aumenta a violência, o medo e a desordem em todas as coisas. O grito está sempre em nossas gargantas. Se o sufocamos inflamos de dor nosso peito. é a vida, é a luta diária, são os problemas diários.
Querida, adorei sua visita e quero parabenizar seu espaço e a poesia de seu marido que sem dúvida exprime todo o sentimento daquele momento.
Abraço
angel

Giorgia Presentes - Arte e Crochê disse...

Olá amiga Saozita!

Em meu blog, eu faço a homenageada da semana e tu fostes a homenageada desta semana!

Espero que as blogueiras venham te paparicar e te trazer mensagens bonitas!

Te desejo uma semaninha abençoada!

Visite-me!

Bjknhs

Giorgia

M@ria disse...

"Que o sussurrar do vento te leve um beijo carinhoso e eterno e me deixe em seus pensamentos para que a distância não apague em ti minha existência."

(Autor desconhecido)

Obs:Tem selinho aqui prá voce, pegue o seu......Beijos!!

São disse...

Viva a liberdade e, também, a poesia!

Boa semana.

Daniel Costa disse...

Sãozita

Sendo como cheguei a ouvir: "Para quem é bom nunca é tarde", faço jus ao provérbio para te dizer teres feito bem fazer a divulgação do poema. Acheio-o óptimo, depois também apreciei ler o texto.
Daniel

Betty Gaeta disse...

Oi Saozita,
Adorei o poema do seu marido, pois tem uma intensidade única!
Obrigada por estar seguindo o meu blog, e eu estou seguindo vc.
Bjkas e uma ótima segunda-feira para vc.

El ave peregrina disse...

Belo poema amiga,a liberdade é fundamental para que todos camiñemos en harmonía e bo son...

Graciñas pola túa entrada o meu blog, deixoche o meu trino amigo, neste primeiro ano de vida.

Unha aperta amiga.

Ana Martins disse...

Boa noite Sãozita,
há na minha Galeria de Selos um selinho para ti, quando puderes passa lá.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Cida disse...

Amiga, amei demais o poema do seu marido!!

Você fez muito bem em compartilhar conosco.
Obrigada por isso.

Um beijo grande, e tenha uma ótima semana.

Cid@

Amanda Zanqui disse...

Oi amiga! Linda mensagem! Nunca é tarde demais para lutarmos por um mundo melhor! Bjs

JADY*ALVES disse...

Boa noite amiga Sãozita!

A princípio, um papel em branco que aos poucos foi inundando de inspiração e nele ficou contigo um grito de liberdade!
Gostei muito da poesia do teu esposo e de todo conteúdo no geral.
Uma linda homenagem que com certeza ele gostou muito da lembrança exposta pra deleite dos nossos olhos.Obrigada por isso.
Grata por tua presença e comentário lá deixado.
Desejo um noite tranquila e feliz junto aos teus.
Carinhos da Jady pra tí querida amiga.

Lina-solopoesie disse...

SAOZIA
Ho trovato ne e-mail questo tuo commento -Ciao cara amica.
La felicità è davvero uno stato d'animo, che ogni tanto differenti! Alcuni sono felici con poco, altri hanno bisogno di molto di essere. Ognuno è felice a suo modo, e che vive la felicità nel loro prospettive di vita.
Il mio amica ti auguro una buona settimana, a tutti voi e vi amo.
Un bacio.
PS: ho un premio per voi per andare a prendere nella mia galleria di ( selos ).
Ma nei commenti non mi è mai arrivato ... Sono adata anche da altri amici x il stesso motivo.. Melo potresti rimandare? così vedo se ora funziona ... Fammi sapere. Un bacio Lina

Lina-solopoesie disse...

Saozia
Fino a poco tempo fa non mi arrivano i commenti . Li vedovco solo attraverso e-mail .. Ora sembra che tutto a posto potresti rimandare il commento?
Così mi rassicuro che mi arrivano ...Ti prego!! fammi sapere , sono andata anche da altri amici x lo stesso motivo..
Grazie un bacio
Lina

Lina-solopoesie disse...

Saozita
Il problema dei commenti è risolto ..sono arrivati tutti..
Per trovare la tua raccolta di francombolli dove devo andare? o meglio dove cliccare? per vederlo ?
Non so se da te fa caldo , da noi si crepa.. forse x questo non mi soffermo troppo quando entro in un blog ... E certe volte e la fretta di chiudere computer .
Semmai stasera leggo meglio il tuo commento.
UN BACIO E UN ABBRACCIO
LINA

Canduxa disse...

Querida Sãozita,

um poema que faz eco no nosso coração e faz reflectir.
A mordaça que nos cala a boca e muitas vezes não nos deixa olhar para o Mundo injusto onde vivemos.

Parabéns ao marido pelo grito de Liberdade...neste lindo poema e a ti o meu obrigado pela partilha.


beijinhos com muita luz

passarei por aqui sempre que puder.

Saozita disse...

Obrigado a todos, pela simpatia dos comentários.
Tenham uma linda e muito boa semana.

beijinhos com amizade

AFRICA EM POESIA disse...

Sãozita
Sábado vemos esse problema dos selos..
um beijo..

Milai disse...

Parabéns ao seu marido por este belo poema. O vídeo que colocou também o ilustra muito bem.
Beijinhos

international wiews

Assine a Petição (click na imagem)

Pesquisar neste blogue

Joseph Addison

"A amizade desenvolve a felicidade e reduz o sofrimento, duplicando a nossa alegria e dividindo a nossa dor"




Labels

Sites úteis para bloggers

Flag counter 27.06.10

free counters
Related Posts with Thumbnails